Turbo Frotas 11 – junho de 2018: os impactos do WLTP

Texto: Carlos Moura
Data: 4 Junho, 2018

A mais recente edição da Turbo Frotas, com mês de capa de junho de 2018, já está disponível para consulta online.

As possíveis consequências da entrada em vigor no próximo mês de setembro do novo protocolo de homologação WLTP (World Harmonised Light Vehicle Test Procedure) que vem substituir o atual NEDC (New Obsolete Driving Cycle) é um dos destaques da mais recente edição da Turbo Frotas. O novo ciclo de testes tem como objetivo diminuir a diferença entre o consumo médio anunciado pelas marcas e o real, mas a sua entrada em vigor pode fazer disparar o aumento dos preços dos veículos novos em países, como Portugal, onde os impostos sobre veículos e circulação se baseiam nas emissões de dióxido de carbono. A Comissão Europeia argumenta que a entrada em vigor desta nova norma deveria ser neutra para os consumidores, mas o Orçamento de Estado de 2018 não levou em consideração este cenário, pelo que a carga fiscal poderá aumentar efetivamente. Este trabalho é complementado com as 60 opções de baixas emissões – híbridas Plug-in (PHEV) e elétricas – que atualmente já se encontram em comercialização em Portugal, as quais oferecem benefícios fiscais para as empresas em termos de dedução de IVA e de tributação autónoma.

Relativamente a este aspeto, o cliente do mês, a Inforphone, é precisamente uma das empresas que tem apostado em soluções alternativas. Para apoiar a sua atividade investiu na primeira frota de veículos Hyundai Ioniq Electric em Portugal e para outros tipos de deslocações anunciou a aquisição de veículos comerciais a gás natural comprimido Volkswagen Caddy Maxi TGi.

A marca alemã também está em destaque na rubrica “Carro do Mês”, uma vez que a nossa opção recaiu no Volkswagen Golf 1.5 TSI, equipado com motorização a gasolina de 150 cv e caixa de dupla embraiagem, com nível de equipamento R-Line. Em termos de novidades destaque para os novos Audi A6, Ford Focus e Mercedes-Benz Classe A L Limousine. A versão convencional da nova geração do compacto da marca alemã e dotada com motorização diesel de 116 cv já foi ensaiada para esta edição da Turbo Froras, assim como Honda Civic 1.6 i-DTEC, o Opel Insignia Sports Tourer 1.6 Turbo D (136 cv) Innovation, o BMW 520d Touring. Pelas suas vantagens fiscais, os híbridos Plug-in também não poderiam deixar de estar presentes, estando representados neste número pelo Mitsubishi Outlander PHEV e pelo Kia Niro PHEV.

A estratégia do Grupo FCA Portugal para o mercado empresarial é abordada pelo novo “Fleet & Corporate Business Sales Diretor”, Eduardo Antunes, que garante a aposta em novas soluções de mobilidade. Este tema também é referido pelo administrador da Hertz Portugal, Duarte Guedes, a propósito dos 25 anos da representação daquela rent-a-car no nosso país pelo Grupo Hipogest. O responsável considera que a marca tem condições para continuar a crescer, não só no rent-a-car tradicional, mas também nas novas formas de mobilidade, como o carsharing.

No que se refere aos comerciais ligeiros, esta edição inclui a apresentação da terceira geração do Mercedes-Benz Sprinter, bem como os ensaios com o MAN TGE e o Fiat Fullback Cross.

Partilhar